23 abril, 2010

Solution contre l’angoisse.

Respira fundo,
te acalma.

Toda esta angústia passa, quando menos esperar.

Basta, apenas, que tudo se mostre irresoluto:
as resposas surgirão tão naturais quanto seja possível.

Respira,

que tua vida acabou de começar.

Respira,

que tudo o que te vem agora é novo.

Escuta,
este é o primeiro pulsar:

lento,

silencioso,

inaugurando-te a vida.

3 comentários:

Vinícius Remer disse...

Acalmei enquanto me permitiu tal exercício.
Como sobreviverei agora ao fim da poesia?

D i c a disse...

É porque ando mudando demais, estou vulnerável.

D i c a disse...

O primeiro pulsar não é silencioso, é doloroso. Parece que nunca foi um recém-nascido.


Todo ano a gente nasce de novo.
Para você só elogios.