28 agosto, 2009

Deliberação ao acaso

Existem necessidades completas que só podem ser sanadas após a decisão definitiva de resolvê-las. O que necessita a vontade para realizar-se de fato se já foi determinado (e exigido) que tudo se dará da mais bela forma? A forma, e é este o problema, em sua origem é abstrata, completa, magistral. Bastaria que o pensamento fosse impresso para que não houvesse mais o que dizer. Seria possível eliminar as etapas do sofrimento no processo de escrita, anularia a labuta com o indecifrável signo, poria fim à querela com a vida. Cessaria a luta.

Mas que inferno é este chamado "preguiça"?

Um comentário: