17 junho, 2009

deliberação ao acaso sobre você, você.

É estranho pensar que sua lembrança de primeiro beijo, se houver, será o meu beijo. E que se for além, eu serei a primeira em tantas outras coisas para você. É, talvez, um peso que eu não queira carregar: ser, de alguma forma, sua Diotima.

3 comentários:

Hosana Lemos disse...

"que sua lembrança de primeiro beijo, se houver, será o meu beijo. "
me vejo perguntando isso de vez em quando!

lindos textos

Fernanda Pitchon disse...

Tentei ao máximo fugir do quê poético, para parecer uma pessoa mais prática! Pelo visto, não deu certo! hahahaha
Sou mesmo é deste submundo!
Obrigada pelo comentário, gostei muito dos seus posts.

Dica disse...

Se ele te escolheu. Que assim seja!