01 agosto, 2010

Suficiente (ou Autoexplicação para a Miséria Sentimental)

Minha cabeça pensou tanto tanto tanto
para escrever tanto e tanto tantas linhas
que dissessem o quanto eu estou tão tão
insatisfeita em viver tanto e tanto para
você.

No fim eu apaguei tudo tudo tudo porque
não posso admitir justificativas ainda que
coerentes para que eu te deixe e, tudo
bem, a culpa é minha.

Um comentário:

D i c a disse...

Tanto tanto que eu já te deixei.
Eu sempre voltei.