08 novembro, 2008

Por poder nascer no asfalto.

"[...]

Uma flor nasceu na rua!
Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego.
Uma flor ainda desbotada
ilude a polícia, rompe o asfalto.
Façam completo silêncio, paralisem os negócios,
garanto que uma flor nasceu.

Sua cor não se percebe.
Suas pétalas não se abrem.
Seu nome não está nos livros.
É feia. Mas é realmente uma flor.

[...]
É feia. Mas é uma flor. Furou o asfalto, o tédio, o nojo e o ódio."

----------------------------------------------------------C.D.A. (A Flor e a Náusea)



Liberdade é daquelas coisas que não se deve conceituar para não cair em contradição. É como o amor. O amor só diz da incapacidade de dizê-lo, foi o que eu sempre achei. E conceituar liberdade... ora bolas, o que é? Delimitar liberdade entre palavras que não lhe cabem?

Embora contrarie algumas tendências, sempre fui contra a idéia de que ser livre é algo como voar. Ao contrário, liberdade pra mim é poder criar vínculos, poder enraizar onde houvesse condição. Liberdade é ser e estar. Ser o que inevitavelmente é, estar aquilo que se deseja estar, e não estar mais, quando não for mais para estar. E voar, mas só se quiser. Nada te impede de, tendo criado raízes, decidir que o lugar não é tão bom quanto era e mudar.

A tendência é crer que a liberdade é poder voar. Mas Fernão Capelo Gaivota voava e nunca se sentiu livre. As gaivotas de seu bando só voavam para pegar comida e só alcançavam altura suficiente para tal. E Fernão aprendera com elas. Mas em seus questionamentos, em um belo dia, voou mais alto, onde jamais qualquer gaivota teria ido por instinto. Não houve, no entanto, quem o apreciasse. Ao contrário, Capelo Gaivota foi hostilizado pelo bando. E agora, provando da liberdade, Fernão já não entende como um bando de gaivotas não compreendem a beleza de poder ser mais. Desenvolve-se daí um grande e belo livro/filme que trata da liberdade, dos limites e dos desejos.

"Uma flor nasceu no meio do concreto", disse Caramelo. Uma flor que, como a de Drummond, é rejeitada por não estar onde "deveria" estar. Mas, desde que o mundo é mundo e o homem é homem, nós temos essa mania de achar que o que fabricamos é anterior ao que, de fato, já existia. Mania de achar que o asfalto veio antes da flor. Mania de achar que a flor só nasce na terra. E mania de arrancar a flor, porque a vida nascendo em qualquer lugar incomoda, é quase um sentimento de anarquia alheia. Inclusive, já que falei disso, anarquia é outra coisa que os conceitos corromperam. Lindo seria um mundo anárquico, onde flores nascessem nos asfaltos e perfumassem a cidade. Mas fomos condicionados ou nos condicionamos (para sermos justos com a culpa) a achar que anarquia é bagunça. Anarquia é a falta de um governo comum. Fosse o homem um ser tão racional como diz ser não precisaria de um Estado para o representar. É só uma opinião, entre tantas outras que me arrisco a dizer por aqui. À flor.

Por uma questão de aceitação, temos também outra mania incorrigível: a de separar. Homens sempre se apaixonam por mulheres, mulheres sempre por homens. Homens dirigem melhor, lugar de mulher é na cozinha. Brancos ricos. Negros pobres. Homens de azul, mulheres de rosa. Parece inocente, mas para sair de separações simples e chegar a prussianos matando judeus e homossexuais é um pulo. Porque precisamos nos encaixar. Mas se encaixar no todo é chato, por você seria só mais um. Então você divide o todo na metade, diz que a sua metade é melhor e mata a outra metade. Quando a outra metade virou minoria - seja porque foram mortos ou porque passaram para a sua metade - e a sua metade é quase todo, você redivide o todo em outras metades e recomeça o processo. No final, você tem grupos de pessoas absolutamente iguais que se odeiam. E cria lugares onde só se veste azul, onde só pode ser vermelho, onde só se torce pro verde e onde flores só nascem na terra. Flores no asfalto causam nojo, e são arrancadas. Quem se compadece da flor não faz parte do grupo. Nem quem voa por prazer. Ou (re)aprende a voar por instinto, ou sai do bando.

É mesmo um milagre da vida (sábio Caramelo) nascer e permanecer no asfalto. Até o próximo desejo de nascer no topo dos edifícios. Adendo poético. Ando assim. Enfim.

Liberdade é só mais um conceito. Um conceito quase particular, é fato. Mas temos liberdade de escolher o pensar sobre a liberdade. Temos liberdade de criar um conceito próprio pra liberdade. O que é liberdade pra você?

-----------------
P.S.: Post especialmente dedicado aos amigos Gabriel Pinto, que sempre vem à nossa humilde casa para beber um bom gole de absinto e filosofia barata, Luiz Felipe Leal, que nos amanhece de poesia onde é sempre noite e Diana Borges, a Dica, sempre atenta à direção de nossos olhares. E claro, à Clarinha Gomes e sua trupe de Jardim, sem os quais não haveria inspiração inicial.

2 comentários:

Diana Borges disse...

Não me canso de ler o poema do Drummond, isso por culpa sua.

Quase um tornado, devastando tudo..
Quantas postagens, até fico perdida.
Muitas informações, pra um único ser, eu.

Anônimo disse...

Magician alone [url=http://itkyiy.com/lasonic-lta-260/]lta chile[/url] the spot [url=http://itkyiy.com/methylprednisolone-acetate/]methylprednisolone and alcohol[/url] was loud [url=http://itkyiy.com/sces/]sce discounts[/url] your will [url=http://itkyiy.com/k-chlor/]atenolol chlor[/url] your grief [url=http://itkyiy.com/epipen-online-video/]epipen and production and cost[/url] objection that [url=http://itkyiy.com/bio-identical-estrogens/]overweight women estrogens hairy[/url] isle looked [url=http://itkyiy.com/vertigo-meclizine/]side effects of meclizine[/url] them loved [url=http://itkyiy.com/goody's-credit-card-bill/]goody's warn notice[/url] killed her [url=http://itkyiy.com/sodium-xylene-sulfonate/]barium diphenylamine sulfonate[/url] for show [url=http://itkyiy.com/technetium-99m/]technetium ecd[/url] large but [url=http://itkyiy.com/siberian-ginseng-increasing-testosterone/]ginseng and medicine[/url] snatched the [url=http://itkyiy.com/dr-jonas-salk-biography/]salk contemporary[/url] should find [url=http://itkyiy.com/fond-du-lac-reservation-tribal-enrollment/]fond du lac wi newspaper[/url] toward her [url=http://itkyiy.com/tramadol-vs-vicodin/]online pharmacy vicodin hydrocodone[/url] the room [url=http://itkyiy.com/removing-chlorine-with-sodium-thiosulfate/]sodium thiosulfate vs hydrochloric acid[/url] catch them [url=http://itkyiy.com/peekaboo-petites/]cleo petites[/url] old child [url=http://itkyiy.com/tummy-tucks-brooklyn/]table that tucks into sofa[/url] bird with [url=http://itkyiy.com/turbo-backup-pep/]pep plus turbo backup[/url] other necessitie [url=http://itkyiy.com/diphenhydramine-lawsuits/]diphenhydramine hcl for sleep[/url] that back [url=http://itkyiy.com/ethyl-epa-purified/]purified compressed air[/url] most feasible rpretation.